07 outubro 2010

entreguerras

.

Hoje bateu cansaço.

.

Foi intenso: mexeu com sonhos adormecidos, mobilizou forças que pareciam esgotadas, fez reviver emoções quase esquecidas. Renovou um contrato que eu já julgava rompido, refez um compromisso que eu pensava extinto. Assim, buscando na memória da alma o que há de valor no passado, atualizou o presente, projetou um futuro. Mudou tudo.

.

Quem fez isso? Uma força, aquela que sustenta essa pessoa indescritível, Marina, e move tudo e todos que estão ao redor, perto ou longe. Uma necessidade, a de recompor-se com o mundo, dar-lhe e dar-se nele algum trabalho enquanto existimos, ele e eu. Um amor, que afinal ainda não morreu, por estes seres tão humanos com quem compartilho a vida. E o desconhecido inexplicável tempo, quando chega –e chegou.

.

Mas hoje olhei as ruas desta grande cidade, a pressa de sua gente, seu inigualável e intrincado mecanismo, e senti uma súbita ausência de barro e raízes. Meu olhar buscou em vão um chão com folhas e formigas. Meus pés desejaram caminhos conhecidos, em que eu possa andar olhando para o céu.

.

Voltar à base, pensei. Meditar, mastigar, deitar na velha rede o novo tempo vivido, a nova batalha lutada, as novas lições aprendidas.

.

Levar a mudança pra casa. Dormir com ela. Com ela acordar.

.

15 comentários:

luciahelena disse...

Meu queridíssimo Antonio,

Não imaginas que prazenteiro foi, para mim, abrir teu blog e defrontar-me com novo texto, depois de muito tempo. Embora, quero deixar claro, que eu entendo o teu tempo dedicado intensamente ao tempo da nossa linda morena MARINA SILVA. E ela conta com teu talento (segredinho que ela própria me revelou - será mesmo um segredinho?).
É, como tu sabes, quando posso gosto de te provocar... O que não é nenhuma novidade, embora desde há muito deixamos nossas entre guerras pacíficas e conquistamos nosso eterno TEMPO DE PAZ!
Mas, o que me gerou profunda alegria, é ter me defrontado com tu, atualmente bastante renovado. Li o texto e o senti assim (TUM, TUM, TUM), escutando as pulsações do meu coração, produzidas pela belezura desta nova escritura, que, em geral, são sempre belezuras.
Desejo dizer, ademais, que quero estar também empreendendo novas lutas ancoradas no meu ideário socioambiental (cujas lutas remontam há quase 30 anos...), e, especialmente, com o grande ideário da GRANDIOSA MARINA SILVA. Quero tb estar junto de ti, pois há muito es um ser virtuoso, com muito talento, com vasta e rica experiência, principalmente com tua capacidade ímpar de pensar criativamente. Quero estar junto de de muitos outros brasileiros que apostaram na MARINA, diante de seu amplo projeto para o Brasil - JUSTO E SUSTENTÁVEL. Quero continuar lutando como todos que desejam preservar ou vivificar nossa TERRA PÁTRIA MÁTRIA!!!
Conforme meu caro Morin afirma em seus 85 anos: quem ou tudo que não regenera incessantemente, se degenera.
Isto, porque para ele, nossa evolução em todas as dimensões da vida, para poderemos recriá-la continuamente, necessitamos sempre reencontrarmos nossa fonte geradora - regeneradora.
Finalizo oferecendo-te um pequenino trecho de uma bela canção entoada pelo grande músico e poeta BOB DYLAN; " tudo que não está vivendo, está morrendo".
Pois, FELIZ RENASCIMENTO!!!
Abraços e beijos marineiros,
luelenaBRASILEIRA.

NN disse...

Negra Colina

Meus olhos serão teus, negra colina,
vestiu-te o dorso a lua, pálido zero,
capaz de revelar na noite albina
a paz serena e sã, meu desespero.
A luz traça um contorno e alucina
as árvores de mapa tão austero.
O que era solidão vira rotina,
onde arava o mistério, ora o mero.
A música do vento prende forma,
o abismo da vereda se desvia,
na casinha distante reina a norma...
Quando, negra colina, na noite imensa,
das minhas nuvens prenhes de poesia
virá a tempestade mais intensa ?

NN

Socorro Fonseca disse...

"Dormir com ela. Com ela acordar." ...E se alegrar pela nova companhia.

Dircinei Souza disse...

Caro Antônio,
fiquei encantado com seus textos e da maneira tão interessante de como você descreve os momentos de uma vida tão passageira.

O motivo do meu contato, é para lembrá-lo que não podemos morrer sem realizar àquele nosso encontro na minha chácara Flor Morena. Vamos afinar o violão e tomar um café cuado no saco? Um grande abraço e muita saúde.

luciahelena disse...

Toinho,
Como anda a disputa dos dois candidatos desse 2º turno pelo apoio da GRANDIOSA MARINA SILVA?
Olha, vou lhe contar... por tudo que eu acompanho na mídia é uma disputa eleitoreira alucinada, tanto de Serra como de Dilma.
Bem, tu vistes que estou pela primeira vez na vida tendendo ao voto útil na Dilma (anti-Serra e anti-FHC: voltar ao passado nunca mais!!!), mas tá duro de engolir a própria Dilma que nunca engoli. Muito duro!!!
Veja comentários da MARINA sobre o debate de ontem na BAND: achei-o vergonhoso, sem nenhum nível para discutir os grandes problemas do país - sem projeto de largo alcance. Será que tanto um como outro o tem? Ou tiveram algum dia? será que têm capacidade e visão para construí-lo?
Pois assim publica, hoje, a UOL sobre sólidos comentários tecidos por MARINA, ainda hoje:
A ex-presidenciável Marina Silva (PV) criticou nesta segunda-feira a postura de José Serra (PSDB) e Dilma Rousseff (PT) no debate de ontem na Band.
Marina: "Pelo que vi até agora os dois candidatos continuam a apostar no vale-tudo eleitoral. Quando a política com P maiúsculo vai entrar em cena?", questionou ela em sua página no Twitter.
"Percebo que aumenta a ansiedade de um acusar ao outro. Falta a ambos serenidade para tratar dos erros e dos novos desafios para o Brasil", disse Marina. "O bom do segundo turno é que até aqueles que votaram nos dois candidatos podem reavaliar se eles ainda são merecedores do seu apoio", reiterou.
Segundo ela, é melhor que eles desçam do ringue e subam no palanque. "Ainda espero que Serra e Dilma aproveitem a chance generosa que os brasileiros lhes deram. Lamento que os candidatos não tenham percebido o que quase 20milhões de brasileiros sinalizaram sobre como se deve decidir o futuro do país. Os eleitores continuam sem saber quais são as propostas de Serra e Dilma, quais são suas visões de país e ainda desconhecem suas trajetórias", afirmou.
Antonio, confesso a vc que já estou novamente sem saber no que decidir, efetivamente, voto útil, pois ainda acho que engolir o Serra por mais 8 anos vai ser mais f...pior ainda; ou VOTO NULO.
Abraços e beijos sempre marineiros,
luciahelenaBRASILEIRA

Anônimo disse...

Toinho e Dircinei,
Quando afinarem as violas não esqueçam de mim, quero estar entoando com vocês as canções que surgirão, lá pelas bandas da "Flor Morena".
Saudações MBS!
Silene.

Thiago Silva disse...

e agora sem Marina como é que vai ficar?

eu que, felizmente, estou de férias
não posso negar
que devo justificar
e me preocupar
o que será de nós até 2014?

Até lá, vamos rezar
Lá chegando, novamente MARINAR!!!

Socorro Fonseca disse...

Toinho, Aonde é a "Flor Morena"? Quero achar o Dicinei "Souza", pra "cantar".(Acho que com ele eu consigo).

Marisa Fontana disse...

Essa mudança foi das boas e já tá garantida.A Marina confirmou seu lugar de mantenedora de utopias. A ética é uma delas.
A mudança que anda pegando agora é de partido na presidência da república ou pra continuar mudando.
Dizem alguns fanáticos que a neutralidade ajuda Serra.
Eu ando com vontades brancas. Marina me animou um pouco. Mas isso que taí me deprime bastante.
Ando pensando em largar os vinte milhões que votaram em Marina pra me juntar aos cinquenta milhões que anularam, votaram em branco ou se abstiveram e assim continuar expressando meu estado de espírito diante da politica atual.

luciahelena disse...

Antonio querido,
Considerei a posição da MARINA neste 2ºTurno bastante ética, coerente e, como ela bem diz, independente, pois ainda entendo que suas propostas, especialmente no âmbito socioambiental, são genuínas, únicas e com grande amplitude; tais propostas transcedem, por supuesto, a visão desenvolvimentista dos dois candidatos que concorrem, agora, para a Presidência do Brasil, ainda que se esforcem para assumir compromissos parciais com as propostas de Marina.
Mas, diante do quadro posto para mim no 2º turno, tu sabes que pensei, refleti, oscilei, repensei, oscilei - quebrei minha cuca - se apoiava à Dilma (e até cogitei em VOTAR NULO); porém, não consigo admitir nem longinquamente a possibilidade de o conservador e direitista, oportunista e obscurantista, que só se dedica a plantar o terror, Sr. José Serra (em vista dos interesses espúrios e perversos que ele representa), chegar à presidência.
Por isso tomei tal decisão difícil declarada publicamente, mas irei sim votar na Dilma, como voto anti-Serra, anti-FHC e anti PSDB, avalizando parcialmente o governo Lula em sua política-social, de caráter histórico e inédita contra a miséria secular que vige neste país. Não consigo ficar omissa, mesmo sendo mera cidadã mortal, mas considerando-me sempre verdadeiras cidadã brasileira (ou tb florestã).
A cada dia tenho ficado cada vez mais temerosa, indignada, horrorizada, caso o Serra seja eleito!!!
Desejo, também, manifestar neste blog meu orgulho pelos acreanos (e da minha própria acrenidade) pela matéria publicada na Folha, página dois, no domingo ou segunda-feira passada, assinada pelo renomado médico JATENE sobre as maravilhas que encontrou no Acre em vários planos, quando recentemente aí esteve, promovidas nos últimos 16 anos pelos governos que se estabeleceram em tal período em sua bela terra natal. O título da matéria publicada na folha no dia 18/10/10 é "O modelo do Acre" que, conforme o autor desta, tal modelo de governança deve ser seguido pelo Brasil afora...
Ele demonstrou grande encantamento e profundamente orgulhoso do Acre. Eu também.
Mil beijos,
luciacreana;luciamazônida, luciacuribana;luciahelenaBRASILEIRA

P Sergio disse...

1º turno - game over
2º turno - dilma ou serra

Antonio Alves disse...

... ou branco, ou nulo.

Anônimo disse...

segundo turno: seguir mudando. NN

luciahelena disse...

Antônio,
Outra sugestão voto na Dilma condicionalmente.
VERDE NA PLATAFORMA!!!

Caros amigos,

Com milhões de votos verdes ainda indefinidos, os candidatos estão se revirando para provar que eles têm uma preocupação ambiental. Mas até agora foram apenas promessas vazias. Assine a petição aos candidatos pedindo compromissos firmes com o meio ambiente em um debate público: quase 20 milhões de votos para a Marina Silva provaram que políticas ambientais são fundamentais para os eleitores brasileiros. Agora os candidatos estão fazendo de tudo para ganhar votos verdes!
Nós não podemos deixar Dilma e Serra se safarem com promessas superficiais. Nós temos menos de duas semanas para conseguir compromissos claros nos maiores desafios ambientais que o próximo presidente irá enfrentar: mudanças climáticas, desmatamento e investimento em energia sustentável.
Não temos tempo a perder! Clique para assinar a petição pedindo para ambos os candidatos firmarem os seus compromissos ambientais em um debate público:

http://www.avaaz.org/po/verde_nas_eleicoes/?vl

Nós estamos trabalhando com nossos amigos do Greenpeace para garantir que o nosso recado chegue aos candidatos e que eles sejam assim forçados a responder aos eleitores, colocando o meio ambiente no centro das suas plataformas eleitorais. Nós temos apenas uma semana para mostrar aos candidatos que nós somos fortes e numerosos, assine agora!

http://www.avaaz.org/po/verde_nas_eleicoes/?vl

Quem lhe envia essa solitação para vc assinar a petição, avalizando a conceituada avaaz.org é:
lucia helena de oliveira cunha (Antropóloga ecológica, Dra. em Meio Ambiente e Desenvolvimento/MADE/UFPR/Universté de Paris 7/UNESCO).

Anônimo disse...

Antônio Alves, já o vi várias vezes, não te conheço porém o teu poema é inspirarador e diante da realidade nele expressada entendi a mensagem.
Depois de tantas subidas
só podemos mesmo é sentir falta de "barro e de raízes" nos pés,
e olhando para o mundo sentimos falta dele e ele de nós.
Numa nova luta
de mãos dadas podemos subir outra vez a té sentirmos que o barro eas raizes nos fazem falta e eles sentem falta de nós.